9 de ago de 2011

Lupa móvel no GNOME 3 com o Orca

No post anterior, apresentamos algumas dicas de como utilizar o ampliador de tela do GNOME Shell. Brincando com a lupa, descobrimos, quase por acaso, que é possível transformá-la em uma lente móvel que acompanha o ponteiro do mouse.

Você deve ter notado que, por padrão, a área de zoom é ativada no modo tela cheia. Mas é possível configurá-la para ocupar apenas uma parte da tela. Como você pode ver AQUI, isso não é nenhuma novidade.

A novidade está em uma funcionalidade que parece ter sido disponibilizada a partir do GNOME 3. É uma opção chamada lens-mode (modo de lente), que é configurada via GSettings, por linha de comando, ou pelo dconf-editor (no Fedora 15, instale o pacote dconf-editor).

Com o modo de lente ativado, a área de zoom do ampliador passa a acompanhar o mouse. Este efeito não pode ser visualizado no modo tela cheia, logo, é preciso reduzir a área de ampliação para uma "janela menor". Isto pode ser feito através das preferências do Orca (saiba mais sobre o Orca AQUI).

No vídeo, uma rápida demonstração do modo de lente configurado com o auxílio do dconf-editor e das preferências de ampliação do Orca:

Ver no YouTube


Atualmente, no Fedora 15, as configurações do Orca parecem conflitar com as do GSettings. Algumas opções do "baleia assassina" não funcionam. E o ampliador do GNOME Shell assume as configurações do Orca após sua execução. Mas volta ao modo tela cheia quando uma nova sessão é iniciada.

Uma interface apropriada parece estar sendo desenvolvida (veja AQUI). Uma prévia de seu funcionamento pode ser apreciada no vídeo disponível em http://aegis.idrc.ocad.ca/uploads/MagnifierDemo.ogv.

Vale lembrar que o Compiz implementa uma lupa móvel há muito tempo:

A lupa do Compiz
A lupa do Compiz

A vantagem, no GNOME 3, é que o recurso está integrado ao GNOME Shell. Só falta uma interface adequada para configurar/habilitar a funcionalidade.

0 comentários