1 de jun de 2010

Simulando a lente de aumento do Windows no Linux (GNOME + Orca)

No último post sobre Acessibilidade apresentamos algumas características e funcionalidades do Orca, uma tecnologia assistiva integrada ao GNOME, desenvolvida para permitir que pessoas cegas ou com baixa visão sejam capazes de utilizar o computador com eficiência e autonomia.

Agora vamos demonstrar como configurar o GNOME e o Orca para oferecer um ambiente de trabalho mais confortável (ou não...) para usuários que necessitam utilizar o ampliador de tela.

O ampliador do Orca é especialmente desenvolvido para trabalhar em tela cheia. Mas isto pode não ser o ideal para todos os usuários. Por isso mesmo é possível configurar e posicionar a lupa conforme a necessidade.

No entanto, quem já experimentou o Orca deve ter percebido que, quando o ampliador é configurado para ocupar apenas uma parte da tela, a lupa se sobrepõe ao conteúdo da área de trabalho (painel do GNOME, janelas, ícones, etc). Isto não é necessariamente um problema, mas sim uma característica da ferramenta.

Usuários que já utilizaram a Lente de aumento do Windows (presente até o XP, não sei se o Vista e o 7 possuem o mesmo recurso) reclamam desta sobreposição, pelo fato de que no Windows a área de trabalho é deslocada para baixo quando a lente é ativada.

Já ouvi várias vezes, de um usuário com baixa visão e que utiliza o Linux Mint, comentários do tipo: - É. O Orca é legal. Mas o melhor ampliador é o do XP...

Lente de aumento do Windows XP
Lente de aumento do Windows XP

Em versões mais antigas do Orca (creio que até a 2.20, mais ou menos), o ampliador tinha um comportamento similar ao da lente do Windows. Ou seja, ele deslocava as janelas abertas na área de trabalho para baixo ou para cima, para a esquerda ou para a direita, conforme a posição que estivesse ocupando na tela (no Windows não há tantas opções...).

Pra entender melhor, tecle ALT+F2 e digite o seguinte comando:
magnifier -vm --ignore-damage

Nota: o comando acima executa somente o ampliador (magnifier), de forma independente do Orca

O resultado é este:

Magnifier em execução no GNOME
Magnifier em execução no GNOME

Para encerrar o magnifier, tecle novamente ALT+F2 e digite o comando:
gksudo killall magnifier

Experimente também os comandos:
magnifier -hm --ignore-damage
magnifier -vhm --ignore-damage

Era mais ou menos desta forma que o ampliador era executado até a versão 2.20 (?). Perceba que a lupa ocupa metade da tela e desloca as janelas para a esquerda (ou para cima, dependendo da posição assumida pela mesma). Porém, de maneira semelhante ao que ocorria em versões antigas do Orca, o painel do GNOME se mantém fixo e a região ocupada pela lupa torna-se um "ponto cego" (o que está abaixo dela não pode ser visualizado).

A partir da versão 2.22 a lupa passa a ficar sobreposta ao conteúdo área de trabalho. A vantagem é que, desta forma, não há mais "ponto cego". A mudança parece ter sido causada pela implementação de melhorias e pela adição de novos recursos, como o uso da composição no X (X compositing) para permitir uma rolagem suave e rolagem em tela cheia.

Também o ampliador KMag, até o KDE 3.5, possibilitava o seu posicionamento no topo, na base e nos lados esquerdo e direito da tela. Mas esta opção sumiu com o advento do KDE 4.

KMagnifier 1.0 (KDE 3.5.10)
KMagnifier 1.0 (KDE 3.5.10) rodando no Linux Mint

Dada esta breve introdução, vamos a parte prática, que será a configuração do GNOME e do Orca para que o ampliador de tela funcione de forma semelhante a Lente de aumento do Windows.

Antes, uma última observação: a solução que será apresentada a seguir satisfaz a necessidade específica de um usuário com baixa visão, para o qual prestamos suporte pessoalmente. O objetivo aqui é apenas compartilhar as informações. Outros usuários poderão preferir utilizar o Orca com os padrões pré-configurados ou com suas próprias modificações.

Configurando o ampliador no topo da tela, ao estilo Windows (requer compositing do GNOME ou Compiz)

Recomendamos que você leia todos os passos antes de executá-os!

1 - Adicione um novo painel: clique com o botão direito do mouse em uma área livre do painel superior, depois clique em "Novo painel" (caso o novo painel não apareça de imediato, reinicie a sessão);

2 - Clique com o botão direito do mouse sobre o novo painel, depois clique em "Propriedades". Em Orientação, selecione "Superior" e em Tamanho coloque 150 (pixels). Feche a janela;

3 - No Terminal, digite o comando abaixo (copie e cole):
gconftool-2 -t list --list-type string -s /apps/panel/general/toplevel_id_list [panel_0,top_panel_screen0,bottom_panel_screen0]

4 - Reinicie a sessão;

5 - Agora basta configurar a lupa do Orca para ficar exatamente sobre o painel maior. Isto pode ser feito pela interface do Orca ou editando-se manualmente o arquivo ~/.orca/user-settings.py. Aqui vamos optar pela edição manual.

Atenção: para a edição manual, é necessário que você já tenha executado o ampliador do Orca ao menos uma vez, caso contrário, o referido arquivo pode estar incompleto (ou mesmo não existir)!

Continuando...

No Terminal, digite:
gedit ~/.orca/user-settings.py

No arquivo aberto, localize as linhas que iniciam com os seguintes textos (geralmente, estão em sequencia):
orca.settings.magZoomerType
orca.settings.magZoomerLef
orca.settings.magZoomerRight
orca.settings.magZoomerTop
orca.settings.magZoomerBottom

A alteração dos valores destas linhas vai depender da resolução de vídeo que você utiliza. No meu caso, a resolução é 1280x800. Então, ficaria assim:
orca.settings.magZoomerType = orca.settings.MAG_ZOOMER_TYPE_CUSTOM
orca.settings.magZoomerLeft = 0
orca.settings.magZoomerRight = 1280
orca.settings.magZoomerTop = 0
orca.settings.magZoomerBottom = 150

Salve e feche o arquivo!

6 - Execute o Orca para visualizar o resultado.

Configurando o ampliador na parte inferior da tela - MODO RECOMENDADO, menos "bug's"

Atenção: o compositing do GNOME ou o Compiz devem estar DESATIVADOS!

1 - Caso ainda não tenha adicionado o terceiro painel, clique com o botão direito do mouse em uma área livre do painel superior, depois clique em "Novo painel" (se o novo painel não aparecer de imediato, reinicie a sessão);

2 - Clique com o botão direito do mouse sobre o novo painel e depois clique em "Propriedades". Em Orientação, selecione "Inferior". Em Tamanho coloque 150 (pixels). Feche a janela;

3 - No Terminal, digite o comando abaixo (se já o executou anteriormente, não é necessário repetir):
gconftool-2 -t list --list-type string -s /apps/panel/general/toplevel_id_list [panel_0,top_panel_screen0,bottom_panel_screen0]

4 - Reinicie a sessão;

5 - No Terminal, digite:
gedit ~/.orca/user-settings.py

Modifique as seguintes linhas de acordo com o que está em negrito (adapte os valores conforme a resolução utilizada):
orca.settings.magZoomerType = orca.settings.MAG_ZOOMER_TYPE_CUSTOM
orca.settings.magZoomerLeft = 0
orca.settings.magZoomerRight = 1280
orca.settings.magZoomerTop = 650
orca.settings.magZoomerBottom = 800
Salve e feche o arquivo!

6 -Execute o Orca para visualizar o resultado.

No vídeo abaixo, uma demonstração do ampliador configurado tanto na parte superior quanto na parte inferior da tela:



Para obter ajuda sobre a configuração e utilização do Orca, entre em contato conosco pelo e-mail linuxlike.blogspot@gmail.com.

Até a próxima ;)

0 comentários