21 de dez de 2011

Cinnamon: fork do GNOME Shell com o visual do GNOME 2 / Linux Mint

Um chute na "canela"...

O fundador do Linux Mint, Clement Lefebvre, começou a trabalhar em um fork do GNOME Shell chamado Cinnamon (Canela), que tenta oferecer um layout similar ao GNOME 2. O objetivo é proporcionar aos usuários uma interface tradicional, uma área de trabalho confortável e fácil de usar.

Linux Mint com a interface Cinnamon - Screenshot
Não é MGSE. É Cinnamon!

A ideia é juntar antigas funcionalidades do GNOME 2 com os recursos avançados e inovações do GNOME 3.

Para saber mais, acesse: http://www.webupd8.org/2011/12/cinnamon-gnome-shell-fork-with-gnome2.html

Parece que a dificuldade de trabalhar com o Projeto GNOME não é só da Canonical...

5 comentários

DarkXnes disse...

Show de bola. Igual ao MGSE do mint, porem com umas frescurinhas a mais.

rodrigo disse...

Como o Mint vai querer fazer um fork do Gnome Shell, se nem desenvolvedores para fazer uma distribuição de verdade eles tem?

O dia em que o Mint Linux deixar de ser uma remasterização do Ubuntu quem sabe o fork do Gnome Shell dá certo.

No entanto, tenho certeza que vamos presenciar o Unity e o Gnome Shell como as interfaces gráficas mais elogiadas no mundo do Linux!

SuporteTecnicoID disse...

Bom, pessoal, agradeceria se ajudassem a testar o Linux KDu, eu modifiquei simplesmente a interface sem colocar nada anormal e criar nada em especial e pode ser rodado da mesma forma como antes no gnome.....e ainda mantendo o Unity + o gnome3 ( neste ultimo basta clicar Ativar3D )

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=GkxyyyJ-nIA

Aproveitem, este mes, aos incentivadores enviarei um KIT Pendrive de 4g mais as midias, mais adaptadores SD-> USB

Lex Aleksandre disse...

"Parece que a dificuldade de trabalhar com o Projeto GNOME não é só da Canonical..."

Não é dificuldade de se trabalhar com o GNOME. O simples fato de uma distribuição baseada no Ubuntu preferir o GNOME Shell ao Unity já diz muito. O pessoal da Canonical está disponibilizando o GNOME 3 justamente pela debandada de usuários após a adoção do Unity.
Bom, eu estou migrando para WM mais leves e que não exijam tanto do hardware. Estou usando Debian Squeeze com Openbox (aproveitando temas e scripts do Crunchbang Linux).

Mano disse...

Realmente, o Unity causou uma debandada das praias do Ubuntu para outras distros (principalmente para o Mint). Continuo usando o Ubuntu mas na versão 11.04 eu usava Gnome Clássico/AWN e agora uso uma mistura Gnome/OpenBox/AWN. O Gnome 3 também roda no meu notebook mas apresenta algumas instabilidades conforme a fonte e/ou tema usados.