17 de dez de 2009

Comandos básicos do Linux [2]

Terminal - imagem ilustrativa
Quando aprendemos a trabalhar no Terminal, percebemos que ele é realmente mais prático para fazer muitas coisas.

Então, vamos lá!

Teclas de atalho

Para acessar um terminal "puro", basta pressionar as teclas "Ctrl+Alt+F1".

Para voltar ao modo gráfico, basta pressionar "Alt+F7" (pode variar conforme a Distribuição).

Para abrir o Terminal (gnome-terminal), basta precionar as teclas "ALT+F2" e digitar o comando gnome-terminal (e teclar ENTER).

Comandos (Terminal)

Descompactar um arquivo com a extensão .tar.gz:
tar -zxvf arquivo.tar.gz

Descompactar um arquivo com a extensão .tar.bz2:
tar -jxvf arquivo.tar.bz2

Listar, com detalhes, os arquivos e diretórios dentro da pasta atual:
ls -lh

Incluir arquivos ocultos:
ls -lha

Ver todos os processos iniciados pelo usuário:
ps -x | more

Ver todos os processos ativos:
ps -aux | more

Criar um usuário, já definindo a senha:
adduser nome_usuario

Altera a senha posteriormente:
passwd nome_usuario

Alterar as permissões de acesso de arquivos e pastas:
chmod 744 arquivo

Onde:
7: Permissões para o dono do arquivo.
4: Permissões para o grupo.
4: Permissões para os demais usuários.

Cada permissão é representada por um número:
4: ler;
2: escrever;
1: executar.

Basta somá-los para obter o número referente ao conjunto de permissões desejada:
0: sem permissão alguma;
1: permissão apenas para executar;
4: apenas leitura;
5 (4+1): ler e executar;
6 (4+2): leitura + gravação;
7 (4+2+1): leitura + gravação + permissão para executar.

Para alterar o dono do arquivo:
chown nome_usuario nome_arquivo

Para que a alteração se aplique a todos os arquivos e subpastas do diretório:
chown -R nome_usuario nome_pasta/

Para alterar também o grupo:
chown -R nome_usuario:nome_grupo nome_pasta/

Para alterar somente o grupo:
chown -R :nome_grupo nome_pasta/

Referência: Usando o terminal

0 comentários